Make your own free website on Tripod.com
Cramer | Cramerfotos | Creutzberg | Creutzbergfotos | Peyinghaus | Peyinghausfotos | Schurt | Schurtfotos | Voit | Códigos | 17 Gerações | Curiosidades | Links relacionados | Contate-me

Home

GENEALOGIA
Códigos

para uma árvore dos antepassados

1ª geração nº 001 = filho
2ª geração nº 002 e 003 = pais
3ª geração nº 004 - 007 = avós
4ª geração nº 008 - 015 = bisavós
5ª geração nº 016 - 031 = trisavós
6ª geração nº 032 - 063 = tetravós (ou: tataravós)
7ª geração nº 064 - 127 = pentavós
8ª geração nº 128 - 255 = hexavós
9ª geração nº 256 - 511 = heptavós
10ª geração nº 512 -1023 = octavós
11ª geração etc. etc.

Observações:
Os homens sempre têm números pares.
As mulheres sempre têm números impares.
O número do pai = 2 vezes o númro do filho (ou da filha).
O número dum filho = a metade do número do pai.
O número da mãe = 2 vezes o número do filho(a), mais 1.

Estes códigos utilizados na árvore de ascendentes foram utilizados já pelo religioso Jerônimo de Sosa. Ele os instituiu e os utilizou em seus trabalhos genealógicos em 1676. Este mesmo método foi retomado em 1898 pelo genealogista Stephan Kekule von Stradonitz. Desde então tornou-se de uso universal sob o nome de "notação Sosa-Stradonitz".

Geralmente se conta uma média de 30 anos para cada geração.
Voltando por 10 gerações passamos, portanto, por cerca de 300 anos.

Veja um exemplo na página seguinte.

17 Gerações